Novidade! Conheça nosso aplicativo e confira boletins, avisos, ocorrências e frequência também pelo celular. Baixe agora, clique aqui!

Enem ou vestibular? Defina o primeiro passo no planejamento da carreira

Publicado em: 31/07/2017 10:46:10
Autor: postado por Jos Carlos
Descrição:Entrar na faculdade exige, necessariamente, passar por uma prova. Pode tanto ser o Exame Nacional do Ensino Mdio (Enem) ou um vestibular prprio.

Hoje, as universidades públicas mais importantes do Brasil já substituíram o vestibular tradicional pelo Enem, mas há ainda quem mantenha a sua própria prova, como a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

 

Sistema misto de seleção

 

Há também instituições, como a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), que mesclam os dois métodos para selecionar seus candidatos. Para disputar vagas em alguns cursos da Unifesp, como medicina, por exemplo, é necessário fazer o Enem, que funciona como uma primeira fase da seleção, e uma outra prova aplicada pela universidade.

Definido o curso e a instituição, é fundamental entender como funciona seu processo seletivo, pois cada um tem sua particularidade. Ao conhecê-las, você aumenta a chance de sucesso. O vestibular da Unicamp, por exemplo, cobra mais de uma redação de gênero diferente, e nem sempre é a tradicional dissertação. No ano passado, os vestibulandos tiveram de escrever uma carta argumentativa para um órgão de imprensa sobre imigração no Brasil, e um artigo sobre uma campanha publicitária para arrecadar fundos para um biblioteca.

 

O ENEM

 

O Enem é um exame que foi reformulado a partir de 2009, e cada vez mais tem cobrado conteúdo se assemelhando a um vestibular tradicional. Para se dar bem é necessário dominar conceitos, fórmulas, atualidades e teorias do ensino médio. E ter fôlego! O Enem é aplicado em dois dias, possui 180 questões divididas em quatro áreas do conhecimento (ciências da natureza, ciências humanas, linguagens e matemática), e uma redação.

Neste ano, pela primeira vez ocorre em dois domingos – 5 e 12 de novembro, e não mais em um mesmo fim de semana. A mudança promete dar um refresco aos vestibulandos que têm no fim do ano uma maratona pesada de provas. Entre os meses de outubro e novembro costumam ser aplicados os exames das principais universidades de São Paulo, como da Universidade de São Paulo (USP), da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e Unicamp.